logo
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Aenean feugiat dictum lacus, ut hendrerit mi pulvinar vel. Fusce id nibh

Mobile Marketing

Pay Per Click (PPC) Management

Conversion Rate Optimization

Email Marketing

Online Presence Analysis

Fell Free To contact Us
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Aenean feugiat dictum lacus

1-677-124-44227

info@your business.com

184 Main Collins Street West Victoria 8007

Top

É hora de entender o conceito de Big Data

desenho com vários ícones relacionados à tecnologia e big data

É hora de entender o conceito de Big Data

Que gestor ou empreendedor não busca alternativas para tornar seu negócio mais competitivo? Quem sabe a possibilidade de realizar análises mais precisas do mercado, antecipando comportamentos de consumo dos usuários? Se for o seu caso, você deve entender agora o Big Data. Certamente seria um diferencial e tanto nessa disputa.

O conceito de Big Data se refere ao enorme volume de dados gerados diariamente, a todo momento, pelas empresas. A coleta e cruzamento de informações diversas e fontes variadas. Dessa forma, é possível analisar qualquer informação no meio digital em tempo real.

É com esses dados obtidos, e devidamente analisados, que se torna possível prever cenários. Assim, se amplia as chances de sucesso na tomada de decisões e, consequentemente, uma maior competitividade frente aos concorrentes.

Quer um exemplo bem simples? A Netflix! Sim, um dos maiores serviços de streaming de vídeos do mundo é um ótimo exemplo do uso do Big Data. Com a análise das informações fornecidas pelos usuários e dados coletados e tratados, a plataforma consegue fazer recomendações personalizadas e direcionar conteúdos específicos para o público de interesse. Sem dúvidas ela vai te indicar aquele filme ou série que é a sua cara. É o Big Dada por trás.

A área da tecnologia da informação baseia o conceito de Big Data da seguinte maneira:

texto com três definições do conceito de big data

VELOCIDADE: a rapidez com que as informações geradas e tratadas. Esses dados devem ser trabalhados no ritmo da demanda do negócio.

VOLUME: referente à quantidade de dados gerados de fontes diversas, tanto de dentro das empresas como de fora. Por exemplo: redes sociais, máquina a máquina, transações financeiras, etc.

VARIEDADE: refere-se aos diferentes tipos de dados disponíveis. Podem ser numéricos, encontrados em bancos de dados tradicionais (dados estruturados) ou em forma de texto, áudio e vídeo (dados não estruturados).

Para que o uso do Big Data dentro das organizações traga os resultados desejados, é fundamental saber gerenciar e utilizar de forma inteligente e estratégica esse tipo de informação. Assim, explorar todas as potencialidades dessa ferramenta.

Nenhum Comentário

Desculpe, o formulário de comentários está desativado neste momento.